Você sabe o que é Neuróbica?

Assim como o corpo precisa de malhação para uma vida saudável, nosso cérebro também necessita de exercício cerebral. Mas de que maneira podemos malhar nosso cérebro?

Uma fantástica descoberta da Neurociências é a NEURÓBICA, um tipo de “ginástica dos neurônios”.

Cerca de 80% do nosso dia-a-dia é ocupado por rotinas que, apesar de terem a vantagem de reduzir o esforço intelectual, escondem um efeito perverso: limitam e atrofiam o cérebro. Para contrariar essa tendência, é necessário praticar os chamados exercícios cerebrais que fazem as pessoas pensarem somente no que estão fazendo; concentrando-se apenas na tarefa em execução.

A neuróbica oferece ao cérebro experiências fora da rotina, usando várias combinações dos sentidos. Esses exercícios lhe proporcionarão maior poder de concentração, memorização, alívio do estresse, coordenação motora, rapidez de raciocínio, estímulo da criatividade, entre muitos outros benefícios. Que tal começar agora mesmo?

Lembrando de que o desafio da neuróbica é fazer tudo aquilo que contraria ações automáticas. Seguem algumas dicas:

  • Escove os dentes ou escreva em uma folha de papel com a mão contrária a que realiza continuamente estas tarefas de sempre, concentre-se nos pormenores aos quais você nunca havia reparado;
  • Ande pela casa de trás para frente; (na China há muitas pessoas que treinam isso em parques);
  • Vista-se de olhos fechados;
  • Veja fotos de cabeça para baixo e tente observar cada detalhe que antes lhe passara despercebido;
  • Veja as horas num espelho;
  • Faça um novo caminho para ir ao trabalho ou introduza pequenas mudanças nos seus hábitos quotidianos, transformando-os em desafios para o seu cérebro;
  • Comece agora, trocando o mouse de lado;
  • Decore uma palavra nova por dia, de seu idioma ou de outro, e tente aos poucos introduzi-la em suas conversas de forma adequada;
  • Selecione uma frase de um livro e tente formar uma frase diferente, utilizando as mesmas palavras;
  • Ao ler uma palavra pense em outras cinco que comecem com a mesma letra;
  • Leia atentamente e reflita sobre o texto. A atividade da leitura faz reforçar as conexões entre os neurônios. Para a mente, ainda não inventaram melhor exercício do que ler atentamente e refletir sobre o texto.

Fonte: Jornal O Semeador

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *